Vício Metal 11 – Bandas Nacionais, Metal Maloka!

No Vício Metal 11 eu trago a prata da casa! Tenho acompanhado várias bandas nacionais desde que comecei a escrever por aqui, e tento divulgar sempre que posso. Mas acho que a melhor forma de fazer a apresentação devida é em áudio!!

Quando se fala em metal nacional as primeiras bandas que me vêm à cabeça são KorzusDorsal Atlântica Sepultura. Como eu não tenho idade geriátrica suficiente para ser contemporâneo dessa galera, pra mim era um material que conhecido meio por serem os pioneiros do metal no Brasil, não necessariamente por serem bandas “fodonas”. Afinal de contas, convenhamos, as primeiras gravações eram bem meia-boca. Mas eram as bandas que todo headbanger tinha que ouvir, eram – e são ainda, hein!! – obrigatórias. Foram os caras que pavimentaram todo o caminho que seria seguido por uma multidão poucos anos mais tarde.

Angra foi a primeira banda que fiquei de boca aberta ao descobrir que era nacional, e ainda por cima era “nova”, com uma qualidade técnica absurda, eu simplesmente não conseguia parar de ouvir! Não posso dizer que na época ouvi SÓ bandas brasileiras, mas eu tinha uma quedinha sabe?! Era um charme a mais, eu meio que fazia questão de dar umas olhadas nas prateleiras e perguntar pro Amigo-Atrás-Do-Balcão-Da-Loja-De-Discos se havia algo novo das redondezas.

Um disco que pra mim sintetiza “banda nacional” é o disco Peste (2011) do Claustrofobia. Letras em português não eram novidade, muito menos a mescla de elementos brasileiros com metal, mas as duas coisas juntas pra mim funcionaram bem. Algumas músicas tem uma mescla de Metal  com Samba, outras apenas o bom e velho metal, reto e direto. Na época Alexandre de Orio – então guitarrista do Claustrofobia – tinha recém lançado o livro Metal Brasileiro – Ritmos Brasileiros Aplicados Na Guitarra Metal – Novos Caminhos Para Riffs De Guitarra (Volume 1),  uma série que apresenta formas de se incorporar os ritmos das diferentes regiões brasileiras ao Metal. Na ocasião do lançamento ouvi uma entrevista com o Alexandre na finada Heavy Nation, e pra mim soou muito sincera a ideia de mostrar que metal não é só “coisa da gringa”, e que nossa cultura não precisa ser absorvida à parte.

Nossos sotaques e levadas são impressos na música. Isso serviu para me abrir os ouvidos para músicas de todo mundo, prestar atenção às nuances que passariam despercebidas.

Bom, falei demais já né?! Vamos ao que interessa!!

Ah, vou tentar apresentar regularmente – não sei com que frequência ainda – um programa só com bandas nacionais. Logo, logo divulgo. Inclusive se alguém tiver uma indicação, é só deixar nos comentários ou mandar um email pra contato@flopes23.com

Segue o setlist da semana:

  • Primeiro Bloco
    Eroc – Revolta
    HagbardIron Fleet Commander
    SkinlepsyThe Mentor
    HigherLie
    VoodoopriestDominate and Kill
    BlackningMechanical Minds
    NervoChaosMoloch Rise
    Lacerated and CarbonizedBangu 3
    UnearthlyBaptized in Blood
    _
  • Segundo Bloco
    Doomsday Ceremony – Vultures of War
    Tamuya Thrash Tribe – The Voice of Nhanderu (Von)
    Bad Salad – Crowded Sky
    Losna – Back to the Groto
    Tellus Terror – Endtime Panorama
    Nowrong – End of Question
    Hate Handles – Die in Hands of Believers
    Sinaya – Buried by Terror
    _
  • Terceiro Bloco
    IndisciplineFear in Your Eyes
    Dark AvengerDead yet Alive (feat. Edu Falaschi, Tito Falaschi & Clarissa Moraes)
    ViolatorEchoes of Silence
    Chaos SynopsisStorm of Chaos
    TrayceDomadores
    VálveraPra Baixo dos Pneus
    ConfrontoImmortal
    EminenceUnfold

Para saber a proposta e mais detalhes sobre o programa, acesse o primeiro post aqui: Vício Metal.

Vício Metal vai ao ar no Metal Militia Web Radio nos seguintes horários:

Segunda – 22:00
Quarta-feira – 14:00
Sexta-feira – 18:00
Domingo – 20:00

Segue a playlist no Spotify:

Link: https://open.spotify.com/user/flopes23/playlist/332R2cSK1YAX7BP08dI1tY
URI: spotify:user:flopes23:playlist:332R2cSK1YAX7BP08dI1tY

Comente

%d blogueiros gostam disto: