Igorrr… Hardcore Barroco

Cara, você conhece Igorrr? Não? Então deixe-me lhe apresentar.

Eu já tinha ouvido Igorrr há não muito tempo atrás; na época, pra mim, era só algo MUITO bizarro e totalmente fora de qualquer padrão que eu estivesse acostumado. Não tenho a menor ideia de qual música tinha ouvido, só lembro que na descrição era algo como “black metal, musica eletrônica, musica clássica e death metal”.

Igorrr é um projeto solo do produtor francês Gau­tier Serre, onde o mesmo faz… Bem. Tudo! Igorrr é uma “banda” de breakcore, black/death metal e música clássica. Em 2010 foi laçado o EP Baroquecore, para se ter uma ideia. Sim, isso mesmo Barroco+core em tradução livre. Bom né? Isso tudo saindo da mente perturbada de um ser humano apenas.

Com dois discos lançados de forma independente, Igorrr alcançou relativo sucesso pela Europa – por que isso não me surpreende? – e por algum motivo na Turquia e Líbano. Só  os trabalhos mais recentes tiveram uma atenção maior na mídia mundial.

Cara, já tem um tempo que venho falando de bandas bizarras (Eths recebeu exatamente essa descrição). O pior é que recentemente escrevi sobre a importância de “se manter aberto” para outros estilos – no caso falando do B.B. King, um contraponto total com Eths e Igorrr.

Hoje eu me deparei com essa preciosidade, e você PRECISA assistir.

Esse vídeo tá mais para um curta do que um clipe, algo totalmente teatral, essa era a ideia?? Se foi, acertou em cheio.

Opus Brain é o segundo single do seu próximo disco, o primeiro foi ieuD que já tem uma pegada diferente, ligeiramente mais metal. O que faz com que eu não tenha a menor ideia do que esperar para o lançamento do seu próximo disco com previsão para junho de 2017, Savage Sinusoid.

Eu não sei nem se deveria ser uma recomendação, eu não estou realmente “ouvindo” Igorrr, mas é algo que acho que vale levar até quem possa gostar. Uma coisa é certa, Igorrr conseguiu ultrapassar todas as barreiras. E agora? Fiquei velho?

Conteúdo relacionado

Comente

%d blogueiros gostam disto: