It’s not Black. It’s not White. It’s Blues!

Antes de mais nada, gostaria de começar esse texto explicando que isso aqui não faz parte da seção “Entendendo”. O dia que eu decidir escrever o “Entendendo Blues” vou ter que me preparar muito, afinal de contas, existe quase 1 século de informação ANTES d’eu sequer ter nascido!
Blues é uma influência muito forte pra mim; mesmo na época de Headbanger Imbecil, já era um gênero que me chamava muita atenção. Mas até então eu tinha acesso zero a esse tipo de música. Tudo o que eu consumia era voltado 100% ao publico “metalêro”.

Hoje cedo, um amigo estava ouvindo uma das maravilhosas listas criadas no Spotify pela galera do Flopes23 – auto jabá, pode isso? – e estava surpreso com a quantidade de bluzera de algumas listas (no caso, mais especificamente, a de final de ano). A digníssima já havia cobrado, esse amigo cobrou, e até meu pai cobrou de mim; então resolvi criar um lista de blues, a primeira de algumas, se tudo der certo.

Eu costumo dizer que blues é música de quem tem dor de corno (a): “I need you so to keep me happy, if I can’t have you I cannot go on“*, do B.B. King, tá ai e não me deixa mentir. Enquanto isso, o Soul é a música de quem come geral: “You will never find some who love you, the way I do“**, do Low Rawls, também comprova minha teoria bizarra. Tá  bom, ok, nem sempre é assim; mas é engraçado, vai?!

* Eu preciso muito de você para me manter feliz, se eu não tiver eu não consigo viver (em tradução livre)

** Você nunca vai encontrar alguém que te ame como eu faço (em tradução livre, podia ser bem mais… imprópria)

Blues é um estilo musical muito difícil de alguém não gostar. Não é como o Jazz, com toda sua arrogância, no alto de sua torre de marfim. O Jazz… Ah, o jazz. Essa música nojenta, suja, imunda, gostosa, atraente, sedutora… FOCO!! O Jazz, que requer um conhecimento um pouco acima do normal, para ser devidamente apreciado. Um Jazz Fusion ou Free Jazz, por exemplo, onde a quantidade de notas e cadências é tão ridiculamente elevada a níveis olímpicos que uma pessoa com ouvido normal não consegue absorver, e onde às vezes rítmica é estranha,  a cadência é estranha, as técnicas não são convencionais.

O Blues não, ele tá lá. Simplesmente É. E, ainda assim, consegue ser diferente dos seus filhos bastardos – Rock, Soul e Funk – que são energéticos, praticamente totalmente eletrificados, músicas algumas vezes absurdamente simples, com 2 ou 3 acordes, uma bateria SAFADA e alguém se rebolando tal qual uma lagartixa epilética. O Blues não, ele só existe. Simplesmente É.

Stevie Ray Vaughan no palco, foto monocromática

O que eu quis dizer com isso tudo?

O Blues agrada é um estilo que serve para aquele jantarzinho, você pode colocar numa festa – ou não, dependendo do nível etílico -, pode ser colocado para tocar na cafeteria genérica da sereia, pode ser mais lento, pode ser mais rápido, mas você não tem  50 variações do blues, você escuta e sabe o que é e ele sempre vai ser o blues. O blues, ele tá lá, ele só existe. Simplesmente É.

Então, se você não é familiar com o som ritmo do pé batendo no chão, os chapéus esquisitos, a guitarra de bolinhas, o velhinho bonachão com sua gibson, essa lista é para você. Escute, absorva, depois a gente marca para um WISKY, porque com blues não serve chopp, e trocamos uma ideia.

_

Link: https://open.spotify.com/user/flopes23/playlist/7eCc3FdYGkIHTY4I8AVCqE
URI: spotify:user:flopes23:playlist:7eCc3FdYGkIHTY4I8AVCqE

Conteúdo relacionado

4 comentários em “It’s not Black. It’s not White. It’s Blues!

  • 25/01/2017 em 17:36
    Permalink

    Realmente, ficou um post muito bom! Agora fico esperando o “Entendendo…”, porque preciso mesmo de uma mãozinha pra me localizar no blues 😛

    Resposta
    • 27/01/2017 em 18:18
      Permalink

      Então… Escrever “Entendendo Blues” tem que ser com muito cuidado, tem vários calos que posso pisar… rsrsrs

      Resposta
  • 24/01/2017 em 14:46
    Permalink

    Narrativa fodástica, me parti de rir…Acredito que a lista não podia começar, se nao fosse por BB King.
    E não, não prometo que vou comentar sempre..kkkkkkkkkk!! Mas….acompanharei de perto, site bom pra caralho!!!

    Resposta

Comente

%d blogueiros gostam disto: