The Neologist – The Inward Expansion (2016)

a1951765663_16Não tenho muito o costume de escrever aqui sobre bandas independentes, deixo isso mais para mandar no instagram, não que tenha algum motivo que impeça a publicação de bandas totalmente desconhecidas (apesar de já ter feito algumas vezes). A diferença é que quando é uma banda que eu já tenho um histórico, já conheço e escuto a um bom tempo, sei que X integrantes vieram de bandas Y, dá pra traçar melhor o tipo de som, o motivo de determinados discos serem parecidos com outras coisas ou até mesmo para citar a referencia, enfim, da pra embasar o assunto.

Tendo isso dito, preciso fazer outro comentário, Death Metal Melódico já foi um dos meus estilos favoritos, eu não ouvi mais nada durante um bom tempo, Soilwork, Norther, Children Of Bodom, Nightrage e mais uma caralhada de banda muito underground. Só que o tempo passou, fiquei um pouco de saco cheio, as formulas começaram a se repetir demais e eu parti pra outras coisas, que curiosamente basicamente acabanei caindo em Black Metal Sinfônico. Durante muito tempo o que acompanhava de Death Melódico eram as bandas que já conhecia, não fazia já mais muito esforço para ir atrás de coisas novas.

Achei esses dias The Neologist, que tem uma discografia bem grandinha até pra um bandas independente, são 7 discos, sendo que 2 são covers de In Flames e Soilwork. A banda na verdade são só dois caras, só não me pergunta qual é a logística de show, isso eu já vi que eles fazem e obviamente não tem só dois candangos em cima do palco. Cara, o som deles é muito bom, muito bom MESMO. Puta qualidade, as músicas tem uma pegada animal, me lembra muito Disarmonia Mundi em alguns momentos, uma pegada mais rápida e pesada, vocais rasgados e limpos intercalados, realmente adorei. Dependendo do disco que você pegar pode ter influencias mais para um lado que para outro, fica a recomendação de The Inward Expansion (2016) e The 26 Letters of Your Universe (2009).

Conteúdo relacionado

Comente

%d blogueiros gostam disto: